Cabeçalho da página

Estudo da produção científica sobre o enfoque CTS em revistas brasileiras especializadas

Andrei Steveen Moreno Rodríguez, José Claudio Del Pino

Resumo

O estudo teve como objetivos principais: mapear, classificar e analisar descritivamente produções científicas acerca do enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade – CTS, publicadas entre 2011 e 2015 em revistas brasileiras. Foram selecionadas 4 revistas especializadas nas áreas de Ensino e Educação, classificadas com Qualis A1 e A2. Por meio da leitura de títulos e resumos dos 803 artigos publicados nesse período, foram escolhidas 30 publicações para serem analisadas. As principais informações bibliométricas desses textos foram sistematizadas em formato de tabela e os documentos completos dispostos em uma unidade hermenêutica do software ATLAS.ti para posterior análise. A partir de critérios bibliométricos e da leitura completa dos textos foi possível identificar: 1) interesse dos pesquisadores por trabalhar no campo da Educação em Ciências e pela formação de professores; 2) interesse pela abordagem de questões sociocientíficas; 3) tendência à realização de intervenções didáticas e estudos de caso; 4) interesse por conhecer percepções da comunidade acadêmica acerca de ciência e de tecnologia, assim como pelas dificuldades para a implementação de atividades CTS. Concluiu-se que nos últimos anos tem sido consolidado um conjunto de referências brasileiras que discutem o tema, gerando, consequentemente, uma forma particular de pensar o enfoque CTS. No entanto, percebeu-se a necessidade de aproximar essa produção com estudos realizados nos países vizinhos para, dessa forma, contribuir para a construção de uma perspectiva latino-americana de progresso educativo, social e tecnocientífico.


Palavras-chave

produção científica; enfoque CTS; Brasil; educação em ciências


Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, T.B., FERNANDES, J.P., MARTINS, I. Levantamento Sobre a Produção CTS no Brasil no Período de 1980-2008 no Campo de Ensino de Ciências. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v.6, n.2, p. 3-32, 2013.

AIKENHEAD, G. Research into STS science education. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 1, p. 1-21, 2009.

ARAÚJO, A. B.; SILVA, M. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade; Trabalho e Educação: possibilidades de integração no currículo da Educação Profissional e Tecnológica. Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 1, p. 99 -112, 2012.

AULER, D.; BAZZO, W. A. Reflexões para a implementação do movimento CTS no contexto educacional brasileiro. Ciência & Educação (Bauru), v. 7, n. 1, p. 1–13, 2001.

AULER, D.; DALMOLIN, A. M. T.; FENALTI, V. Abordagem temática: natureza dos temas em

Freire e no enfoque CTS. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n.1, p. 67-84, 2009.

AULER, D.; DELIZOICOV, D. Educação CTS: Articulação entre pressupostos do educador Paulo Freire e referenciais ligados ao movimento CTS. In: LÓPES, A. B.; PEINADO, V-B.; LÓPES, M. J.; RUZ, M. T. P. (Org.). Las Relaciones CTS en la Educación Científica. Málaga: Editora da Universidade de Málaga, v. Único, p. 01-07, 2006.

AZEVEDO, R. et al. Questões sociocientíficas com enfoque CTS na formação de professores de Ciências: perspectiva de complementaridade. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, v. 9, n. 18, p. 84-98, jun. 2013.

BETTENCOURT, C.; ALBERGARIA-ALMEIDA, P.; VELHO, J. L. Implementação de Estratégias Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS): perceções de professores de biologia. Investigações em Ensino de Ciências, v. 19, n. 2, p. 243-261, 2014.

BUFFOLO, A.C.C; RODRIGUES, M. A. Agrotóxicos: uma proposta socioambiental reflexiva no ensino de Química sob a perspectiva CTS. Investigações em Ensino de Ciências (Online), v. 20, p. 1-14, 2015.

CAPES, Plataforma Sucupira, disponível em:

2017a.

CAPES, Plataforma Sucupira, disponível em:

2017b.

COCENZA, A.; MARTINS, I. Controvérsias Socioambientais no Contexto da Construção de Sentidos Sobre Relações Entre Energia e Ambiente na Escola. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 13, p. 73-94, 2013.

LÓPEZ CEREZO, J. A. Ciencia, Tecnología y Sociedad: el estado de la cuestión en Europa y Estados Unidos. Revista Iberoamericana de Educación, v. 18, p. 41–68, 1998.

MARTÍNEZ ÁLVAREZ, F. El Movimiento de Estudios Ciencia- Tecnología- Sociedad: su origen y tradiciones fundamentales. Humanidades Médicas, v. 4, n. 1, p. 0–0, 2004.

MARTÍNEZ PÉREZ, L.F. Cuestiones sociocientíficas en la formación de profesores de ciencias: aportes y desafíos. Revista de la Facultad de Ciencia y Tecnología, n. 36, p. 77-94, 2014.

MARTÍNEZ PÉREZ, L.F. Questões sociocientíficas na prática docente Ideologia, autonomia e formação de professores. São Paulo: Editora Unesp, 2012.

MATTOS, C. R.; VILLANI, A. Apresentação: Environmental Discourses in Science Education: contributions to democracy, citizenship and social justice. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 2, 2014.

MENDES, M. R. M.; SANTOS, W. L. P. dos. Argumentação em discussões sociocientíficas. Investigações em Ensino de Ciências (Online), v. 18, p. 621-643, 2013.

MEMBIELA, P. Una Revisión del Movimiento Educativo Ciencia-Tecnología-Sociedad. Enseñanza de las Ciencias, Investigación y Experiencias Didácticas., v. 15, n. 1, p. 51–57, 1997.

MUHR, T. ATLAS/ti – A Prototype for the Support of Text Interpretation. Qualitative

Sociology, v. 14, n. 4, 1991.

PEDRETTI, E. G.; BENCZE, L.; HEWITT, J.; ROMKEY, L.; JIVRAJ, A. Promoting Issues-based STSE Perspectives in Science Teacher Education: Problems of Identity and Ideology. Science and Education, v. 17, n. 8/9, p. 941-960, 2006.

QUINTERO CANO, C. A. Enfoque Ciencia, Tecnología y Sociedad (CTS): perspectivas educativas para Colombia. Zona Próxima, n. 12, p. 222–239, 2010.

REES, C. Developing Awareness of Connections Between Science, Technology and the Environment through Participation in a Game-Like Approach to Curriculum, Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 2, p. 147-157, 2014.

RIBEIRO, T.; GENOVESE, L. O emergir da perspectiva de Ensino por Pesquisa de Núcleos Integrados no contexto da implementação de uma proposta CTSA no Ensino Médio. Ciência & Educação, v. 21, p. 1-29, 2015.

ROSO, C; SANTOS, R; ROSA, S; AULER, D. Currículo Temático fundamentado em Freire-CTS: Engajamento de professores de Física em formação inicial. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências (Online), v. 17, p. 372-389, 2015.

SANTANA, T. A.; BASTOS, A.P.S.; TEIXEIRA, P.M.M. Nossa alimentação: Análise de uma sequência didática estruturada segundo referenciais do Movimento CTS. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 15, p. 105-122, 2015.

SANTOS, L.; SILVA, R. M. G.; PEDROSA, M. A. Formação em Educação para o Desenvolvimento Sustentável: um estudo com professores de Ciências da Natureza. Revista brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 15, p. 357-386, 2015.

SANTOS, W. L. P. Educação Científica Humanística em uma perspectiva Freireana: resgatando a função do ensino de CTS. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 1, n. 1, p. 109-131, 2008.

SANTOS, W. L. P. Educação CTS e cidadania: confluências e diferenças. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, v. 9, n. 17, p. 49-62, dez. 2012.

SANTOS, W. L. P.; MORTIMER, E. F. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência - Tecnologia - Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 2, n. 2, p. 1–23, 2002.

STRIEDER, R.B. Abordagem CTS na Educação Científica no Brasil: sentidos e perspectivas. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências). Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v15i33.6091

Direitos autorais 2019 Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License