Cabeçalho da página

Problemas identificados em gráficos estatísticos publicados nos meios de comunicação

Rodrigo Medeiros dos Santos, Messias Viana Branches

Resumo

O objetivo desta pesquisa é abordar e analisar alguns exemplos de erros contidos em gráficos estatísticos publicados nos meios de comunicação, buscando a construção de subsídios para a interpretação e análise crítica dessas ferramentas no contexto das práticas de letramento estatístico. A pesquisa tem como principal aporte teórico as ideias sobre letramento estatístico de Iddo Gal.  Metodologicamente, a pesquisa é caracterizada como descritiva e bibliográfica. Os principais resultados apontam diversas impropriedades na construção dos gráficos, tais como a ausência do eixo das ordenas, barras dos gráficos com larguras e comprimentos desproporcionais, incompatibilidade dos rótulos dos dados com as medidas apresentadas nos gráficos, entre outros. Os resultados nos levam a ressaltar a necessidade de uma sociedade estatisticamente letrada, bem como nos chama a atenção para a necessidade de uma formação estatística mais adequada para os profissionais da imprensa.


Palavras-chave

gráficos; meios de comunicação; letramento estatístico


Texto completo:

PDF

Referências


BESSON, J. L. A ilusão das Estatísticas. São Paulo: Unesp, 1992. 289 p.

BORGES, R. As pesquisas não devem acertar quem será o prefeito da sua cidade. El país, São Paulo, 24 ago. 2016. Disponível em: . Acesso em: 21 jul. 2018.

CARNEIRO, J. Edifício Aqua, 31 andares: construtora tem quase 340 ações na justiça do trabalho. Blog do Jeso, 09 abr. 2017. Disponível em: < http://www.jesocarneiro.com.br/ negocios/aqua-31-andares-construtora-tem-quase-340-acoes-na-justica-do-trabalho.html>. Acesso em: 03 mai. 2018.

CAZORLA, I. M.; CASTRO, F. C. O Papel da Estatística na Leitura do Mundo: O Letramento Estatístico. Publicatio UEPG Ciências humanas, linguística, letras e artes, v. 16, n. 1, p. 45-53. 2008.

CURCIO, F. R. Comprehension of mathematical relationships expressed in graphs. Journal for Research in Mathematics Education, v. 18, p. 382-393. 1987.

CURY, A. Na bolsa, crise grega ‘apaga’ bom momento da economia brasileira. Portal G1, São Paulo, 17 jun. 2011. Disponível em: < http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2011/ 06/na-bolsa-crise-grega-apaga-bom-momento-da-economia-brasileira.html>. Acesso em: 24 jun. 2018.

CRESPO, A. A. Estatística Fácil. São Paulo: Saraiva, 2002. 224 p.

EXAME: Revista semanal. São Paulo: ed. Abril, n. 1139, 7 jun. 2017.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em Educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 3º. Ed. São Paulo: Autores Associados, 2009. 228p.

GAL, I. Adults’ statistical literacy: meanings, components, responsibilities. International statistical review, v. 70, n. 1, p. 1-25. 2002.

HUFF, D. Como mentir com estatística. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2016. 130 p.

MORENO, A. C. Um quarto das escolas públicas não aborda o racismo em atividades extras na sala de aula. Portal G1, São Paulo, 21 mar. 2018. Disponível em: . Acesso em: jun. 2018.

PORTAL IG. 2010 fecha com um milhão de matrículas a menos em educação básica. Portal IG, São Paulo, 20 dez. 2010. Disponível em: < https://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2010-fecha-com-um-milhao-de-matriculas-a-menos-em-educacao-basica/n1237887331491.html>. Acesso em: 15 jun. 2018.

PORTAL R7. Homem branco ganha quase R$ 1500 a mais por mês do que mulher negra no Brasil. Portal R7, São Paulo, 06 mar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 19 mai. 2018.

SOUZA, G. A. A manipulação dos dados estatísticos pela mídia impressa. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, .32, 2009. Anais... Curitiba, 2009. p. 1-15.

TOLEDO, G. L.; OVALLE, I. I. Estatística Básica. São Paulo: Atlas, 1981




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v15i33.6257

Direitos autorais 2019 Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License