A FORMAÇÃO INICIAL DO EDUCADOR DO CAMPO: UM ESTUDO SOBRE A LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO/PROCAMPO

Eliane Miranda Costa

Resumo


Resumo: O estudo analisa o processo formativo da Licenciatura Plena em Educação do Campo (LPEC) em Portel no Marajó. Trata-se de um texto que resulta da pesquisa de mestrado cujo objeto é o Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo. Esta pesquisa adotou como metodologia o estudo de caso de tipo único de abordagem qualitativa tendo como técnicas de coleta e análise de dados: observação não participante, entrevista semiestruturada, questionário fechado e a análise de conteúdo. Para efeito deste textos, as análises e reflexões baseiam-se em trechos de entrevistas e análise de documentos em diálogo com autores como: Arroyo (1999;2004;2012), Caldart (2000;2011), entre outros, que nos permitiram inferir que a LPEC em estudo tem dificuldades, limites de ordem pedagógica e estrutural que, de certo modo, comprometem em parte a qualidade da formação. Contudo, pode-se considerar que esta LPEC representa uma importante ação afirmativa e possibilidade concreta para o acontecer de uma Educação do/no Campo no Marajó.

Palavras-chave: Formação Docente. Licenciatura em Educação do Campo. Educação do Campo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v10i14.4251

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba