Cabeçalho da página

Usos/significados de geometria mobilizados por estudantes na formação inicial

Anna Regina Lanner de Moura, Simone Maria Chalub Bandeira Bezerra

Resumo

O objetivo deste estudo consiste em problematizar os usos/significados de conceitos geométricos mobilizados pela prática escolar de decifrar enigmas, “O Chapéu de Palhaço”, no contexto da disciplina de Estágio Supervisionado, com o intuito de ampliar a compreensão da formação inicial do professor de matemática para outros modos de ver a matemática. A análise do corpus da pesquisa, referenciada na terapia filosófica de Wittgenstein e no conceito de desconstrução de Derrida, consiste no diálogo ficcional entre estudantes e a docente da disciplina. O diálogo problematiza os usos/significados únicos atribuídos aos conceitos geométricos, na prática em foco, supostamente decorrentes de uma visão essencialista e universal da matemática, instituída na escola, e aponta para uma abordagem dos usos também em práticas culturais não escolares.


Palavras-chave

terapia desconstrucionista; problematização de usos de conceitos geométricos; diálogo ficcional; formação Inicial de professores


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v14i32.5817

Direitos autorais 2018 Amaz RECM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License