Cabeçalho da página

Jovens cuiabanos, interesses científicos e percepções sobre a teoria evolutiva

Graciela Silva Oliveira, Rita Baldini da Costa, Thayanny Rosalino de Magalhaes

Resumo

Este trabalho teve como objetivo verificar percepções de alguns estudantes cuiabanos acerca de temas científicos, escolhas profissionais e opiniões sobre temas evolutivos. Participaram desta pesquisa, 406 (55,6% meninos) estudantes matriculados no 1º ano do Ensino Médio de escolas públicas de Cuiabá – MT. As coletas de dados aconteceram através da aplicação de questionários e as análises estatísticas foram realizadas com auxílio do pacote estatístico Software Statistical Package for Social Science (SPSS) 18.0. Os resultados encontrados apontam que há entre os estudantes cuiabanos o interesse em aprender ciências na escola, destacando a motivação por entender sobre Biologia humana. Entretanto, a proximidade da Ciência ganha uma nova reconfiguração quando se trata da teoria evolutiva, a maioria dos estudantes não reconhece a validade da explicação científica para origem humana e desconhecem alguns conceitos evolutivos.


Palavras-chave

Ciência escolar; Evolução Biológica; Ensino Médio; Percepção pública


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v15i34.6668

Direitos autorais 2020 Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License