Page Header

MEDIDAS MEMORIAIS E USOS POLÍTICOS DA DITADURA CIVIL-MILITAR BRASILEIRA NA ERA FHC (1995-2002)

Júlia Bolognini KLASSMANN (UFRGS)

Abstract

O trabalho investiga os usos políticos da ditadura civil-militar brasileira pela gestão de Fernando Henrique Cardoso na presidência da República (1995 - 2002), analisando medidas memoriais de seu governo (como a Lei dos Desaparecidos e a controversa assinatura do Decreto 4.553, a reforçar sigilo sobre documentos do Estado). Também são analisadas as menções oficiais ao regime militar em seus discursos presidenciais, manifestadas em ocasiões de datas comemorativas ou de lançamento de políticas relacionadas ao tema. Parte-se do entendimento de que essas representam um esforço estatal de estabilização das batalhas de memória através de institucionalização de narrativa única sobre o passado. O levantamento aponta que a gestão FHC, embora relativamente progressista para o contexto de políticas de memória latinoamericano da época, mantém o pacto conciliatório que deu forma à transição política e instrumentaliza a memória do autoritarismo em favorecimento de seu projeto econômico liberal.

Palavras-chave: Medidas memoriais. Usos políticos do passado. Discurso político. Ditadura civil-militar brasileira. Fernando Henrique Cardoso.

 

MEMORIAL MEASURES AND POLITICAL USES OF THE BRAZILIAN CIVIL-MILITARY DICTATORSHIP DURING THE FHC ERA (1995-2002)

Abstract: The present text investigates the political uses of the Brazilian civil-military dictatorship under Fernando Henrique Cardoso’s presidency (1995-2002), analyzing the memorial measures undertaken by his government (such as the Law of the Disappeared, the first implemented during the New Republic), and the signing of the Decree 4.553, which reinforces secrecy of State documents. Also analyzed are the official mentions of the military regime in his presidential speeches, mainly on occasions of commemorative celebrations or of the launching related policies. The research comes from the understanding that these, as well as the presidential speeches, represent a state effort to stabilize the battles of memory through the institutionalization of a unique narrative about the past. This survey points out that FHC, although presenting relatively progressive management of the dictatorial past for the Latin American context of the time, maintains the conciliatory pact that shaped the political transition in the late 1980s and instrumentalizes the memory of authoritarianism favoring his liberal economic project.

Keywords: Pemorial measures. Political uses of the past. Political discourse. Brazilian civil-military dictatorship; Fernando Henrique Cardoso.


References


BAUER, Caroline. Como será o passado?: história, historiadores e a Comissão Nacional da Verdade. Jundiaí: Paco Editorial, 2017.

BAUER, Caroline. Usos do passado e temporalidades: um estudo sobre os debates em torno da Comissão Nacional da Verdade (Brasil, 2008-2014). In: Anais do II Seminário Internacional História do Tempo Presente, Florianópolis, SC, 2014, pp. 1-15.

BELIEIRO, José Carlos Martinez. Notas de Análise sobre a Era FHC (1994-2002). Barbarói, v. 2, 2006, pp. 79-92. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/topos/article/view/2191/2001. Acesso em 14 de julho de 2021.

BEVERNAGE, Berber. The past is evil/evil is past: on retrospective politics, philosophy of history, and temporal manichaeism. History and Theory, n. 54, 2015, pp. 333-352.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso de posse no Congresso Nacional. Brasília, 01 jan. 1995a. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/publicacoes-oficiais/catalogo/fhc/discurso-de-posse-1995. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso sob o título “O Brasil que volta a ser terra das oportunidades", pronunciado por ocasião de encontro com empresários em Nova York, por ocasião do almoço oferecido pela comunidade empresarial. Nova York, 19 abr. 1995b. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/publicacoes-oficiais/catalogo/fhc/politica-externa-pronunciamentos-vol-1-jan-a-jun-1995-1995.pdf. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Assinatura do projeto de Lei sobre desaparecidos políticos. Brasília, 28 ago. 1995c. Disponível em: https://fundacaofhc.org.br/files/artigo/1308.pdf. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso na solenidade de lançamento do Programa Nacional dos Direitos Humanos. Brasília, 13 mai. 1996a. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/presidencia/ex-presidentes/fernando-henrique-cardoso/discursos/1o-mandato/1996-1/75%20-%20/view . Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Palavras por ocasião da morte do ex-presidente da República Ernesto Geisel. Brasília, 13 set. 1996b. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/presidencia/ex-presidentes/fernando-henrique-cardoso/discursos/1o-mandato/1996-1/41.pdf/view. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso de posse no Congresso Nacional. Brasília, 01 jan. 1999. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/presidencia/ex-presidentes/fernando-henrique-cardoso/discursos/2o-mandato/1999-1/01.pdf/view. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso na abertura do seminário "O Desafio Democrático nas Américas". Fortaleza, 10 mar. 2002a. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/search?advanced_search=True&sort_order=reverse&b_start:int=2780&sort_on=Date&SearchableText=discurso%20do%20presidente%20. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Presidente (1995-2002: Fernando Henrique Cardoso). Discurso na cerimónia de assinatura da Medida Provisória relativa à anistia. Brasília, 28 ago. 2002b. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/presidencia/ex-presidentes/fernando-henrique-cardoso/discursos/2o-mandato/2002/27-de-agosto-de-2002-discurso-na-cerimonia-de-assinatura-da-medida-provisoria-relativa-a-anistia/view. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Lei n. 9.140 de 4 de dezembro de 1995. Reconhece como mortas as pessoas desaparecidas em razão de participação, ou acusação de participação, em atividades políticas, no período de 2 de setembro de 1961 a 15 de agosto de 1979, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 05/12/1995. p. 1985, col. 1. 1995. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9140compilada.htm. Acesso em: 14 de julho de 2021.

BRASIL. Decreto n. 4.553, de 27 de dezembro de 2002. Diário Oficial da União, 30 de dezembro de 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/d4553.htm. Acesso em: 14 de julho de 2021.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. O preço de uma reconciliação extorquida. In: TELES, Edson; SAFATLE, Vladimir (Orgs.). O que resta da ditadura: a exceção brasileira. São Paulo: Boitempo, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v15i24.10083

Copyright (c) 2021 Júlia Bolognini Klassmann

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Indexing for:

 

 

Impact Factor 1.54


 Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

Federal University of Pará - Abaetetuba Campus - EditorAbaete

Post-Graduate Program in Cities, Territories, and Identities (PPGCITI)

ISSN: 1806-0560 e-ISSN: 1982-5374

DOI: https://dx.doi.org/10.18542

         

Free counters!