Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS MORADORES DO ENTORNO DO RIO ARIRI, ANANINDEUA/PA

Odilena de Jesus Moraes Freitas, Ana Aparecida da Silva Almeida, Ricardo Augusto Gomes Pereira

Resumo

A comunidade próxima ao rio Ariri, no município de Ananindeua/PA,
caracterizou-se pelo crescimento populacional, o que resultou em gradativo processo de deterioração do rio. Com este estudo, objetivou-se analisar a percepção ambiental dos moradores do entorno desse rio, a fim de apontar as inter-relações homem-ambiente, como as perspectivas, satisfações, descontentamentos, avaliações e comportamentos dos sujeitos esquisados. Para alcançar este objetivo, a pesquisa se desenvolveu de forma exploratório-descritiva, com aplicação de questionário contendo perguntas
semiabertas para 353 sujeitos. Os resultados mostram que o crescimento desordenado ocasionou a degradação ambiental do rio, sendo que o lixo produzido pela população local constitui-se na maior ameaça à sua preservação. Essa percepção aponta uma inter-relação entre as condições básicas de saúde e a problemática ambiental, o que contribuiu para uma baixa qualidade de vida da população pesquisada.

Palavras-chave: Comunidade. Degradação ambiental. Urbanização. Percepção
ambiental.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v8i10.2702

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba