Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

A EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NO PROCESSO DE TRANSPOSIÇÃO DE PRAXEOLOGIAS DIDÁTICAS

Iza Helena Silva Travassos, Renata Borges Guerra

Resumo

Este artigo trata das praxeologias dos sujeitos – professores em formação
e formadores – que vivenciaram o processo de formação de professores de Matemática na modalidade de ensino à distância. O aporte teórico adotado para as análises foi a Teoria Antropológica do Didático e a metodologia de investigação utilizada foi do tipo qualitativa com uma abordagem etnográfica. Os resultados obtidos apontam para uma transposição de praxeologias do ensino a distância para o ensino presencial.


Palavras-chave: Formação de Professores. Educação à Distância. Teoria
Antropológica do Didático.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v7i8.2748

Universidade Federal do Pará - Campus Abaetetuba - EditorAbaete

Programa de Pós-Graduação em Cidades, Territórios e Identidades (PPGCITI)

ISSN: 1806-0560 e-ISSN: 1982-5374

Indexada por: