Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

A CONSTITUIÇÃO DO CAMPO DA FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO ENTRE ANOS 40 A 60

Maria Betânia B. Albuquerque

Resumo

O artigo resulta de uma investigação em âmbito de doutorado acerca do percusso histórico da disciplina Filosofia da Educação a partir da PUC/SP entre os anos de 1940 a 1990. Especificamente, focaliza a configuração intelectual que teve essa disciplina entre os anos 40 a 60 do século XX, quando esteve sob a infulência da perspectiva tomista. Visa capturar a identidade que a disciplina obteve nesse período a partir dos temas privilegiados e/ ou silenciados nos programas, dos intelectuais e das obras que serviram de norte ao seu ensino, bem como dos principais eventos que marcam essa área de conhecimento. O trabalho se insere dentro de um campo de estudos denomidade de história das disciplinas acadêmicas que, na sua interface com a Sociologia do Currículo, preocupa-se com a historicidade das disciplinas, seus conflitos internos e externos, seus mentores e obras, entre outros aspectos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v2i3.3002

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba