Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

AS ÁGUAS E OS RIBEIRINHOS – BEIRANDO SUA CULTURA E MARGEANDO SEUS SABERES

Eliana Campos Pojo, Lina Gláucia Dantas Elias, Maria de Nazaré Vilhena

Resumo

Este texto é uma reflexão sobre os ‘saberes das águas’ a partir do
cotidiano e movimento dos ribeirinhos na dinâmica da Amazônia paraense.
Resumidamente trata-se de elucidar os saberes das águas pelas representações dos moradores, seus modos de viver e estar no espaço-tempo dos rios, furos, igarapés e florestas, buscando contribuir para as discussões sobre a Educação Básica do campo no sentido de compreender como esses saberes se inserem na dinâmica educacional de forma a valorizar o desenvolvimento do ‘campo’ a partir das necessidades dos sujeitos ribeirinhos.

Palavras-chave: Povos ribeirinhos. Águas. Culturas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v8i11.3249

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba