Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

CURRÍCULO INTEGRADO PARA A BIODIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

Lucinaldo da Silva Blandtt

Resumo

O presente artigo é um exercício que busca incentivar a

discussão do conceito cienti. co e pedagógico de currículo integrado e

sua relação com a identidade sociocultural e biológica da Amazônia,

em praxe, a biodiversidade na visão antropológica; é evidente que essa

discussão é muito ampla, e que aqui não se esgotará, apenas insistirá

em diversas opiniões que, decerto, fortalecerão a importância das

práticas pedagógicas do currículo integrado focado no local e suas

caracterizações especiais. O Currículo Integrado faz parte de uma

concepção de organização da aprendizagem que tem como . nalidade

oferecer uma educação que contemple todas as formas de conhecimento

produzidas pela atividade humana. Trata-se de uma visão progressista

de educação à medida que não separa o conhecimento acumulado pela

humanidade na forma de conhecimento cientí. co daquele adquirido

pelos educandos no cotidiano das suas relações culturais e materiais.

A relação dos conhecimentos de biodiversidade e educação precisa

está aplicada no currículo integrado, resultando, assim, em práticas de

educação ambiental interdisciplinares. Ao ser considerada a Educação

Ambiental como um processo social indispensável à formação da

mentalidade dos cidadãos de uma sociedade, passa-se à crença de que

a escola é o espaço ideal para a socialização do conhecimento que é o

resultado de um longo processo: a relação do homem com a natureza e

com os outros homens.

Palavras-chaves: Currículo integrado. Biodiversidade. Educação

ambiental. Interdisciplinaridade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v9i12.3028

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba